quinta-feira, agosto 31, 2006

Cá estou...

...a tentar construir uma vida de início.

O meu pai sempre me disse que era responsável pelos meus alicerces e que apartir daí estava por minha conta...pois bem, cumpriu e muito bem a sua parte, agora tenho eu a responsabilidade de não o deixar mal e de não me deixar mal...

Todos nós jovens licenciados ou não, procuramos uma oportunidade de trabalhar, de demonstrar o nosso valor e eis que quando chega a opotunidade, ela não chega a chegar...

Estamos todos num barco sem rumo, qual arca de "Moisés"...

Uns têm cunhsorte...outros não...

Uns decidem mudar de vida e outros não...

Uns pensam que nunca seriam capaz de dar o murro na mesa e afinal dão...e vão...

Nao tive outras oportunidades quando as quis ter e quando fiz para tê-las, por isso esta foi a minha opçao. ..
Acarreto os resultados da escolha e tento nao pensar muito nisso.
Sinto um aperto no peito quando me lembro do que tenho, mas alivia quando olho para a frente e vejo uma luz, ainda que longe, mas uma luz...

A todos os que lêem este post, este demorado post, eu digo:
"...Há sempre alguém que resiste, há sempre alguém que diz NÃO!!!"

Aguentem forte, estou lá fora à vossa espera...Não há mal que sempre dure, nem bem que nunca acabe...já dizia o Zé, e o Zé é que sabe...


Abraço, Dentrebelde.

7 Comments:

Blogger Paulo said...

com paciência (sacrifício mesmo...), trabalho e alguma sorte chega-se lá.

11:33 da manhã

 
Blogger Porcos no Espaço said...

Eh pá, e eu ando cá com uma vontade de dar um murro... Não sei é se o dê na mesa, ou se vá directo à cara dos meus chefes.


Fizeste bem em teres seguido esse caminho. Foi um risco, e como todos os riscos, podem compensar ou não. Até agora não te tens saído nada mal, por isso só pode ter sido uma boa opção.

E tens todo o nosso apoio, como já estás farto de saber.


Nós por cá, continuamos a batalhar, e a tomar opções também.

12:30 da tarde

 
Blogger Porcos no Espaço said...

Dar um murro ou não dar é uma opção, não é?

12:31 da tarde

 
Blogger dvmper said...

Eh pah, é já amanhã que eu vou dar um murro em alguém...Ando mesmo com vontade!!
Quem espera sempre alcança e quando menos se espera tcharann :-)
Abraço.

9:12 da tarde

 
Blogger Sooni said...

Eu limito-me a dizer que tenho saudades tuas, e das forma como nos melgávamos mutuamente, mesmo antes de não me deixares roubar a bela da chávena de café ou logo a seguir a obrigares-me a cantar em karaokes =/ Só tu!!!

Vou planear a tal visita pa breve =)

4:28 da tarde

 
Blogger Cornélia said...

E mais nada! O comodismo e a inércia e não te ficam bem.

Com toda a certeza não desiludes o teu pai e acredito que em cada momento que ele não te tem por perto não esquece a razão pela qual partiste...Em busca de um futuro melhor carregando contigo todos os ensinamentos que ele te transmitiu e apreendeu ao longo de uma vida.

Nós por cá acreditamos que tu consegues! E que não vais desistir!

Beijo

10:27 da tarde

 
Blogger Cornélia said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

10:33 da tarde

 

Enviar um comentário

<< Home